Conecte-se Conosco

Nacional

Apoio a Lula na internet cai de 43% para 27% após declaração de apoio a ditadura cubana

Publicado

em

Índice de Popularidade Digital, da consultoria Quaest, mediu que popularidade do ex-presidente caiu 16 pontos após apoio a Cuba

O ex-presidente Lula (na foto, com Fidel Castro) registrou uma queda em sua popularidade nas redes sociais após declarar seu apoio à ditadura cubana na semana passada. Desde o domingo 11, manifestantes que foram às ruas pedir o fim do comunismo têm sido presos, ameaçados e golpeados .

Segundo a consultoria Quaest, que mede o Índice de Popularidade Digital, IPD, Lula estava com 43 pontos no dia 12 de julho. Após suas mensagens de apoio à ditadura, publicadas no dia seguinte, o índice caiu para 27.

O IPD vai de 0 a 100. O índice avalia os comentários feitos sobre diversas pessoas famosas, número de seguidores e compartilhamento de mensagens em redes como Facebook, Instagram, Youtube e Twitter, além de buscas realizadas no Google.

“O que está acontecendo em Cuba de tão especial pra falarem tanto? Houve uma passeata. Inclusive vi o presidente de Cuba na passeata, conversando com as pessoas. Cuba já sofre 60 anos de bloqueio econômico dos EUA, ainda mais com a pandemia, é desumano”, escreveu o ex-presidente no último dia 13.

Fonte: AgoraRN