Conecte-se Conosco

Prefeitura

Comunidade do Abelha é a quinta beneficiada pelo programa ‘Ilumina Manaus Rural’

Publicado

em

A comunidade do Abelha, localizada na margem direita do rio Negro, foi a quinta beneficiada pelo programa “Ilumina Manaus Rural”. Nesta terça-feira, 27/7, foram instalados 109 pontos de iluminação ao longo de dois quilômetros da comunidade, onde vivem cerca de 85 famílias que nunca tiveram acesso à iluminação pública.  Os serviços foram fiscalizados pela Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seminf), por meio da Unidade Gestora de Abastecimento de Energia (UGPM – Energia).

Lançado pelo prefeito David Almeida e pelo vice-prefeito e secretário municipal de Infraestrutura, Marcos Rotta, em maio deste ano, o programa “Ilumina Manaus Rural” já instalou quase 500 pontos de iluminação de LED em comunidades rurais da capital. A meta é que mais 60 localidades sejam atendidas.

“Nosso compromisso com a zona rural foi assumido ainda na campanha. Quem vive nos ramais e em áreas mais afastadas da nossa cidade foi muito negligenciado nos últimos anos, algo que não voltará a acontecer na gestão do prefeito David Almeida, pois estamos levando os serviços da prefeitura a locais aonde que eles nunca chegaram”, disse Marcos Rotta.

O diretor da UGPM Energia, Robson Goiabeira, afirma que a determinação do prefeito David Almeida e do vice-prefeito e secretário da Seminf, Marcos Rotta, é que a iluminação a LED chegue às comunidades mais isoladas da capital, principalmente na zona rural. “Levar iluminação pública de qualidade a todos que ainda não tem é preocupação do prefeito, que quer garantir a presença do poder público nessas comunidades da zona rural, como hoje está sendo feito aqui na comunidade do Abelha, em mais de 109 pontos” afirmou Goiabeira.

O programa, que pela primeira vez na história levará iluminação de LED para as comunidades rurais da capital, foi iniciado na comunidade Nossa Senhora de Fátima, no ramal da Cooperativa, com acesso pela BR-174 (Manaus-Boa Vista), que recebeu a implantação de 75 novos pontos de iluminação.

Comunidades

Morador da comunidade do Abelha, o comerciante Valdemir Tavares, 50, disse que à noite é impossível andar pela comunidade e que as famílias permanecem dentro de casa desde o fim da tarde, por conta da escuridão.

“Essa melhoria vai fazer toda a diferença, porque à noite aqui era muito escuro, quando apagava tudo ficava uma escuridão total, a gente não enxergava nada. Só quem tinha motor de luz é que tinha a casa iluminada. A gente agora vai ficar de boa, graças a Deus e ao prefeito David Almeida. Nós todos aqui da comunidade agradecemos muito ao prefeito”, afirmou o comerciante.

Texto – Mariana Rocha / Seminf

Fotos – Márcio Melo / Seminf