Conecte-se Conosco

Prefeitura

Entrega do CEL Ninimbergue Guerra é transferida para a próxima semana

Publicado

em

A Prefeitura de Manaus, por meio da Subsecretaria Municipal de Juventude, Esporte e Lazer (Semjel), informa que a entrega do Centro de Esporte e Lazer (CEL) Ninimbergue dos Santos Guerra, o “Bergão”, localizado no bairro São Jorge, zona Oeste, foi transferida para o próximo dia 6/8.

O espaço público voltado a diversas atividades esportivas, além de grupo da terceira idade foi totalmente revitalizado, para atender mensalmente uma média de 10 mil pessoas direta e indiretamente, que utilizam o lugar para eventos esportivos ou para a prática de diversas modalidades esportivas oferecidas em suas escolinhas, que atuam no espaço.

O CEL Ninimbergue Guerra recebeu melhorias como pintura interna e externa, revitalização da quadra poliesportiva, manutenção do placar digital, reforma dos banheiros e vestiários. A reforma contou com a parceria da Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seminf) e com o apoio do Instituto Municipal de Planejamento Urbano (Implurb).

“Estamos realizando os últimos ajustes para entregar este espaço, que é considerado a ‘casa das lutas’ da capital. A orientação do prefeito David Almeida é a de que o novo ‘Bergão’ seja um espaço não só de treinos e espetáculos esportivos, mas de incentivo a todo cidadão manauense na prática de atividades esportivas. Esse e outros espaços que a Semjel administra, estão dentro do pacote de reformas e obras da Prefeitura de Manaus, voltados para o esporte e lazer, a serem entregues até o fim de 2021”, pontua o subsecretário de Esportes e Lazer, Platiny Soares.

Estrela Solitária

Ninimbergue dos Santos Guerra, mais conhecido como Berg Guerra, nasceu em 16 de março de 1963 e desde cedo se destacou no infantil do time suburbano Comercial, passou pelo juvenil do América, defendeu o Rio Negro ainda como juvenil, ao lado de Gilmar Popoca, chegando a titular. Jogou o Campeonato Brasileiro e, pela atuação que teve contra o Flamengo, cujo resultado foi 1×1, em 1982 chamou a atenção do Botafogo (RJ), que o contratou.

Berg jogou ainda pelo Americano (RJ), Athletico (PR), Cerro Portenho (Uruguai), América (SP) e outros times de primeira e segunda divisão do futebol brasileiro.

Meio-campista de extrema habilidade, o jogador amazonense destacou-se com a camisa do Botafogo nos anos 1980 e 90, sendo bicampeão carioca pelo clube, nos anos de 1989 e 1990.

Berg morreu precocemente no dia 11 de julho de 1996, no Rio de Janeiro, de parada cardíaca, enquanto jogava uma pelada na praia da Barra da Tijuca. O corpo do jogador veio para Manaus, onde foi velado no ginásio do Atlético Rio Negro Clube – clube que o revelou. O jogador era casado e deixou uma filha. Seu irmão, Uosley Guerra, adotou o apelido do jogador, e construiu uma sólida carreira como cantor de boleros e bregas, Berg Guerra.

Texto – Divulgação / Semjel