Conecte-se Conosco

Esportes

Com VAR polêmico Choque-Rei termina empatado no Morumbi

Publicado

em

O Choque-Rei deste sábado, que terminou empatado em 0 a 0 no Morumbi, teria inúmeros personagens á serem destacados, porém quem deixou o campo sendo o principal destaque da partida foi a arbitragem.

O árbitro Luiz Flávio de Oliveira com o auxílio do VAR acabou tomando algumas decisões que fez a equipe de Hernán Crespo deixar o campo com os nervos a flor da pele.

O São Paulo começou a partida melhor que o Palmeiras, criando as jogadas com mais facilidade e levando perigo ao gol de Weverton com Rigoni e Marquinhos, o camisa 77, inclusive, teve um gol anulado por impedimento. O jogo seguia tranquilo até que a primeira interferência da arbitragem ocorreu.

Aos 34 minutos do primeiro tempo, Marquinhos disputou bola com Gustavo Gomez na pequena área e caiu, a arbitragem marcou o pênalti imediatamente alegando carga do zagueiro no atacante são-paulino, porém o lance foi revisado pelo VAR e o árbitro Luiz Flávio voltou atrás na sua decisão de campo. Decisão essa que gerou inúmeras reclamações por parte dos jogadores do São Paulo e sua de comissão técnica.

O segundo tempo começou da mesma forma que o primeiro, com a equipe de Hernán Crespo atacando mais a equipe do Palmeiras e tendo maior posse de bola. O time de Abel Ferreira tentou alguns chutes de longa distância, mas nada que levasse tanto perigo ao gol de Tiago Volpi.

O jogo se encaminhava para seus minutos finais, quando aos 43 minutos da segunda etapa o São Paulo abriu o placar com gol contra de Gustavo Gomes após cobrança de falta de Reinaldo pela ponta direita. A arbitragem a princípio validou o gol, mas logo Luiz Flávio foi chamado pelo VAR para rever o lance alegando impedimento de Miranda. O árbitro foi até o monitor de vídeo e levou alguns minutos para tomar a decisão, invalidando o gol do São Paulo.

O gol anulado gerou grande insatisfação por parte dos são-paulinos, que reclamaram efusivamente com a arbitragem, alegando que Miranda não participou efetivamente da jogada. Emiliano Rigoni foi um dos que mais reclamaram com Luiz Flávio e por consequência acabou sendo expulso da partida.

Luiz Flávio de Oliveira foi escoltado até os vestiários do Morumbi, já que alguns funcionários do São Paulo estavam no túnel de acesso reclamando sobre as ações do árbitro na partida. Entretanto, a arbitragem seguiu seu caminho sem nenhuma intercorrência.

Foto: Marcos Ribolli
Fonte: Mercado do Futebol