Conecte-se Conosco

Amazonas

SES-AM inicia a entrega de 200 próteses oculares para pacientes da capital e interior

Publicado

em

O Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Estado de Saúde (SES-AM), iniciou, nesta terça-feira (03/08), a entrega de próteses oculares a 50 pacientes, que fazem parte do Centro Especializado em Reabilitação(CER III) da Policlínica Codajás. Ao todo, 200 próteses oculares serão entregues a pacientes com deficiência visual da capital e do interior no decorrer da semana. 

O agricultor de Barreirinha, Claudio dos Santos, foi um dos beneficiados do programa. Em um dia de trabalho na roça, há sete anos, um acidente doméstico no manuseio da máquina roçadeira fez com que ele perdesse a visão e o olho esquerdo.  

A engenheira ambiental, Márcia Cruz, também conta que aguardava a prótese ocular há sete anos. “Hoje a minha autoestima está além, nada mais me abate”, ressaltou.  

Ela conta que chegou a sofrer preconceito quando precisou de emprego. “O gerente olhou para mim e disse que eu não me enquadrava para o trabalho e isso serviu para eu ir além, em busca dos meus objetivos. Hoje, eu e todos aqui somos gratos por fechar este ciclo, recebendo a nossa prótese ocular”, disse. 

Viver sem Limites

A chegada das próteses é uma parceria do Governo do Estado com o programa “Viver Sem Limites”, do Governo Federal. Um grupo de pessoas já estão registradas na policlínica e agora receberão o equipamento ocular.

“Que todo processo de recebimento e adaptação ocorra de forma efetiva e que a qualidade de vida desses pacientes do CER III a partir de hoje possa ser melhor. Isto é tudo que desejamos em nome do Governo do Amazonas”, declarou a secretária executiva adjunta de Assistência Especializada da Capital da SES-AM, Márcia Murad, durante a entrega.

A coordenadora do CER III, Adriana Azevedo explica que os pacientes aguardavam pelas próteses desde 2016 e, por meio de uma busca ativa neste ano, receberam o benefício. “Durante o processo, eles passam por uma avaliação de uma equipe multiprofissional. Em parceria com a secretaria do interior, nós conseguimos captar esses pacientes. Temos pacientes de Anori, Parintins, Coari, Manacapuru, Itacoatiara, entre outros municípios”, enfatizou.   

O trabalho conta com a supervisão da coordenadora do CER III, Adriana Azevedo, da oftalmologista responsável pelos pacientes, Patrícia Cabrejos, e servidores da Policlínica do módulo visual.  

Processo

Em julho deste ano, os pacientes estiveram na Policlínica Codajás para fazer a modelagem de cavidade, para produção das próteses. 

“É um momento de felicidade para gestão da policlínica e para os funcionários, pois estamos entregando um SUS de qualidade e entregando uma qualidade de vida também. O Governo do Estado visa proporcionar para este paciente uma melhor satisfação. Então temos aqui toda parte de infraestrutura, corpo técnico e levamos essa qualidade para a população”, destacou o diretor da Policlínica Codajás, Ráiner Figueiredo. 

Documentação

Novos pacientes podem ser recebidos no CER III, localizado na Policlínica Codajás, munido de encaminhamento médico, cartão do SUS, identidade, para ser atendido pela equipe composta por fisioterapeuta, assistente social e oftalmologista para ser avaliado e atendido com o recebimento da prótese ocular.