Conecte-se Conosco

Política

Aleam publica Ato sobre necessidade de apresentação do cartão de vacinação para acesso à Casa

Publicado

em

A Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam) está reforçando as medidas sanitárias e de prevenção para os servidores e público em geral, que adentrarem a Casa. Para isso, foi publicado no Diário Oficial do Legislativo de 24 de agosto, o Ato da Mesa Diretora Nº 015, que dispõe que servidores e empregados de empresas terceirizadas, assim como todas a pessoas que pretendam acessar as dependências do espaço devem apresentar o cartão de vacinação.

Segundo o presidente da Aleam, deputado Roberto Cidade (PV), as medidas estabelecidas no Ato são resultado de diversas reuniões realizadas com a Diretoria Geral e de Saúde da Casa, que tiveram o objetivo de elaborar ações para prevenir possíveis casos de Covid-19, e a proliferação do vírus. “Com a confirmação do surgimento de casos da variante Delta, optamos por reforçar as medidas de segurança para servidores, colaboradores e visitantes”, explicou.

Conforme o Ato, os servidores que não estejam trabalhando no modelo home-office, bem como os empregados de empresas terceirizadas, precisam apresentar a Carteira de Vacinação, para que seja verificado e registrado o status da vacinação contra Covid-19. A apresentação da carteira de vacinação também deve ser feita pelos profissionais de imprensa, que fazem a cobertura da Casa.

A apresentação da carteira será feita uma única vez, na recepção, quando será feita a identificação do interessado e registro do setor ou gabinete ao qual pretenda se dirigir.

No caso dos servidores, a apresentação deve ser feita ao diretor da sua área de atuação.

Servidores e empregados de empresas terceirizadas, cuja carteira de vacinação indique não terem tomado pelo menos a primeira dose de vacina, deverão comparecer ao Centro Médico da Aleam para avaliação e orientação.

Identificação

Também fica determinado, que os crachás dos servidores, empregados de empresas terceirizadas e as etiquetas de identificação de visitantes, fornecidas na recepção da Aleam, receberão selo de confirmando sobre a imunização.

A Diretoria de Saúde, com o apoio da Diretoria de Assistência Social, fará a orientação da importância da vacinação, podendo ainda os profissionais das diretorias cobrar o uso obrigatório de máscara e o cumprimento das normas sanitárias estabelecidas pela  Casa Legislativa.

O Ato dá ênfase de que, à medida em que os servidores e terceirizados forem sendo imunizados, deverão informar às suas respectivas diretorias, para mudança no status de vacinação e controle estatístico-gerencial do número de servidores e terceirizados vacinados.

A Diretoria de Saúde, por meio do Centro Médico da Aleam, realiza desde o primeiro semestre, inúmeras ações de enfrentamento e esclarecimento sobre a Covid-19 e também um constante estudo sobre adequação à situação e os efeitos que a pandemia causaram na vida da população e, em especial, dos servidores da Casa Legislativa.

Pela Vida, contra a Covid

Nesta quinta-feira, a Diretoria de Saúde, deu início a campanha “Pela vida, Contra a Covid”, com o objetivo principal de reforçar as orientações sanitárias de prevenção à Covid-19 entre os servidores e visitantes da Casa. “A pandemia não passou”, destacou o médico Arnoldo Andrade, diretor de Saúde da Casa, acrescentando que o novo coronavírus continua circulando, infectando e, infelizmente, ceifando vida.

“Com a confirmação de casos de infecção pela nova cepa do vírus, denominada Delta, no Estado, o presidente Roberto Cidade (PV) se preocupou com a proteção dos servidores e pediu ao setor médico um reforço e renovação dos procedimentos sanitários adotados na Aleam”, explicou o diretor.

A partir dessa orientação, servidores das diretorias de Saúde e Assistência Social foram treinados para que sejam multiplicadores das orientações essenciais de prevenção. “Esses servidores estarão diariamente na entrada e corredores, orientando sobre o uso correto de máscara, distanciamento nas filas, ocupação com limite de apenas quatro pessoas no elevador, dentre outras orientações”, explicou Andrade. “A preocupação é constante e tudo o que for necessário para preservar a vida dos servidores será feito”, concluiu Arnoldo.

Texto e foto: Diretoria de Comunicação da Aleam

Publicidade
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.