Conecte-se Conosco

GOVERNO FEDERAL

Programa Brasil Mais lança duas novas modalidades para micro e pequenas empresas

Publicado

em

A semana começou com novidades para as micros e pequenas empresas! A Secretaria Especial de Produtividade e Competitividade do Ministério da Economia lançou ontem (27) duas modalidades novas do Programa Brasil Mais: Transformação Digital e Smart Factory.

Afinal, em pleno 2022, a internet empresarial deixou de ser uma opção e passou a ser obrigatório para uma empresa ou indústria desenvolver seu negócio. Portanto, confira tudo sobre o Programa Brasil Mais e quais as novidades trazidas pelas novas modalidades.

O que é o Programa Brasil Mais?

O Programa Brasil Mais tem como objetivo aumentar a competitividade das empresas brasileiras. Ele é dividido em 2 eixos: um tem apoio do Sebrae e outro do Senai.

eixo do Sebrae lida com consultorias de inovação e de melhorias práticas gerenciais, visando aumentar o faturamento e reduzir os custos das micro e pequenas empresas. Enquanto que o pequeno negócio não paga nada.

Já o eixo do Senai está voltado para aplicação de princípios de manufatura enxuta a indústrias com até 499 funcionários. Os atendimentos são realizados pelo próprio Senai por um custo de R$2,4 milhões para a empresa.

Como serão essas duas novas modalidades?

Como dissemos antes, foram lançadas duas novas modalidades do Programa Brasil Mais: Transformação Digital e Smart Factory.

Transformação Digital, a primeira modalidade desse lançamento, corresponde a adoção de ferramentas plug and play (ou seja, com reconhecimento e instalação automática pelo computador) de baixo custo para um pequeno negócio, visando resolver problemas diagnosticados previamente resultantes da falta de digitalização. Esse processo terá um acompanhamento técnico do próprio Sebrae.

Já a segunda modalidade, Smart Factory, é voltada às indústrias de micro, pequeno e médio porte. Inicialmente, o processo pressupõe a seleção de projetos de pesquisa, desenvolvimento e inovação pelo Senai. Esses projetos terão que seguir a tecnologia 4.0, que visa um aumento de produtividade decorrente da modernização.

O que é a tecnologia 4.0?

Falamos algumas vezes no decorrer do texto sobre “tecnologia 4.0”, mas afinal, o que é a tecnologia 4.0?

De maneira geral, a tecnologia 4.0 (ou indústria 4.0) é um conceito que representa a automação industrial e a integração de diferentes tecnologias modernas como inteligência artificial, robótica, computação em nuvem e internet das coisas visando promover a digitalização das atividades industriais aumentando a produtividade e melhorando os processos produtivos.

Também conhecida como 4º Revolução Industrial, esse fenômeno está causando mudanças em larga escala nas indústrias do Brasil e do Mundo. Seja na automação e troca de dados, nas etapas de produção ou nos modelos de negócio, a tecnologia 4.0 alterou a indústria definitivamente.


Programas Sociais de Propagação do acesso à internet

Embora o Programa Brasil Mais tenha como foco empresas e indústrias, o governo brasileiro também possui programas que visam a propagação de internet e tecnologia para pessoas físicas, mais precisamente, para regiões distantes do país ou municípios com pouco acesso à internet.

Um dos programas é o Wi-Fi Brasil, um programa do Governo Federal, desenvolvido pelo Ministério das Comunicações e conta com a parceria da Telebras. E o objetivo é levar conectividade em alta velocidade para todas as localidades do país, onde não há nada ou pouca conexão.

Já o programa Internet Para Todos é a conexão banda larga com preços reduzidos para democratizar o acesso à internet buscando a inclusão social. O programa tem como objetivo prover conexão para as mais de 30.000 localidades sem conexão ou com serviços inadequados de acesso à internet.

Por meio de uma parceria com os provedores de internet, que terão garantias e isenções oferecidas pelo Programa, os pacotes de internet podem ser oferecidos com um preço menor.

Fonte: Compara e Poupa