Conecte-se Conosco

Polícia

No município de Tefé, PMAM detém grupo de “piratas de rio” com arma de fogo, munições e drogas

Publicado

em

Na ação, além de entorpecentes foram apreendidas joias, lancha e uma relevante quantia em dinheiro

Policiais militares do 3º Batalhão de Policia Militar (BPM) detiveram, no início da madrugada desta quinta-feira (30/06), um grupo de quatro homens com idades entre 32 e 38 anos, conhecidos por “piratas de rio”, em posse ilegal de arma de fogo, munições e drogas. A ação ocorreu no Distrito de Caiambé, no munícipio de Tefé (distante 523 quilômetros de Manaus).

Policiais militares em serviço na unidade militar, receberam informações por volta das 0h28, que após confronto entre os conhecidos “piratas de rio”, no Rio Solimões, um grupo em em uma lancha rápida, foi em busca de atendimento médico no Distrito de Caiambé, pertencente ao município de Tefé.

Os policiais e guardas municipais que estavam de serviço no posto da comunidade, foram averiguar a situação constataram na lancha cinco homens, dentre os quais, dois alvejados, um deles em óbito. A equipe policial verificou que na embarcação haviam materiais ilícitos e efetuaram a detenção deles, os quais não reagiram aos procedimentos.

Na revista e busca na embarcação, os policiais encontraram um relevante quantia em espécie de R$ 6.959,55; uma pistola marca Taurus calibre 380; 10 munições calibre 380; cartuchos; uma porção de uma substância com características de maconha tipo skunk pesando cerca de 64,7 gramas; uma porção de uma substância com características de pasta base de cocaína pesando aproximadamente 58 gramas; joias; três aparelhos celulares e acessórios.

Em seguida, o grupo foi conduzido para a cidade de Tefé para atendimento médico e os demais detidos foram mantidos nas celas do posto policial pra condução à delegacia de Tefé.

Denúncias – A Polícia Militar orienta à população que, ao tomar conhecimento de ações criminosas, informe imediatamente por meio do disque-denúncia 181, ou do 190.

Estagiária em Jornalismo: Marcela Estrella
FOTO: Divulgação/PMAM